Notícias

Obra de Piquiá da Conquista ultrapasssa 60% de conclusão em janeiro de 2023

Em 06 de janeiro 2023, aconteceu a 22ª Medição das obras do reassentamento de Piquiá da Conquista, registrando um acumulado de 61,64% das obras (312 casas, infraestrutura e o Centro Comunitário).

Para uma noção geral de quantidades:
Todas as 312 casas estão completas até cobertura com telhado (incluindo reboco interno e externo);
307 com piso e revestimento
297 com revestimento de gesso nas paredes
288 com as caixas d’água instaladas
173 com todas as janelas instaladas
143 com portas externas instaladas
47 com as portas internas montadas
Foi iniciada a preparação para pintura, sendo 21 casas com selador aplicado, das quais 15 já se aplicou também a massa corrida.

Com relação a infraestrutura
14 quadras das 46 existentes estão com meio fio e calçadas executadas;
Foi dado início na pavimentação de ruas no Setor 1 e 2 (São 8 setores);
Estão sendo fabricadas as manilhas para execução da drenagem profunda, que deve iniciar ainda nessa quinzena de fevereiro.

Atualização das obras da Secretaria de Estado de Governo do Maranhão

  1. Posto de Saúde (UBS): prédio construído, rebocado e coberto. Instalados portais de madeira. Neste momento a obra encontra-se parada. Segundo o encarregado, foi a orientação do dono da construtora, por ainda ter recebido parte do serviço já medido;
  2. Quadra de esportes: está sendo executada pela mesma empresa da UBS. Esteve parada até meados de dezembro, por conta de não terem conseguido ligar a energia até então. Com a “paralisação” da obra da UBS, começaram a executar a mesma. Estão na fase da fundação e confecção dos pilares de sustentação; Em conversa com o encarregado, ele prevê que, caso não haja paralisações, conseguiria entregar as duas obras concluídas até o meio deste ano;
  3. Escola: está localizada na mesma área da Quadra, tendo tido a mesma questão com a ligação de energia. No ano passado avançou pouco, com execução de muro no entorno e parte da fundação. Com a ligação da energia, iniciaram o ano subindo as paredes e seguem na execução do muro de fechamento no entorno do prédio. Não foi possível encontrar ainda com o encarregado para ouvir sobre previsão de prazos;
  4. Mercado público municipal: prédio levantado e rebocado. Ainda sem cobertura. Obra parada. os trabalhadores não retornaram após a parada do final do ano. Não houve comunicação oficial com a ACMP. Supostamente seja a mesma motivação demonstrada pela construtora da outra obra, que é o não recebimento ainda de serviços medidos;
  5. Praça da família: foi feita apenas parte da terraplanagem no início da execução (jul/ago 2022) e desde então não se avançou. A alegação, relatada pelo Ramón, fiscal da SEGOV, seria o fato de que havia necessidade de serviços adicionais que não estavam contemplados no edital e, por esse motivo, a empresa estaria aguardando um aditivo ao contrato incluindo esses custos para poder avançar.

Fotos atualizadas da Obra

Texto: Flávio Schmidt da coordenação de obra

Fotos: Claudio Frota engenheiro da Cap

Notícias recentes

Inscreva-se para receber nosso Boletim de notícias